Bruno, Guerrero, Odair e Roberto Melo serão julgados pelo STJD e podem desfalcar o Inter

A Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) denunciou dois jogadores do Inter – o lateral-direito Bruno e o centroavante Paolo Guerrero -, o técnico Odair Hellmann, e o vice-presidente de futebol Roberto Melo. Eles serão julgados por fatos durante e depois da derrota para o Flamengo no dia 25 de setembro.

O julgamento será realizado nesta sexta-feira, dia 11, pela Quarta Comissão Disciplinar da principal instância esportiva do país.

Guerrero foi expulso durante a derrota do Inter opara o Flamengo no Maracanã | FOTO: RICARDO DUARTE/INTERNACIONAL

As denúncias

Bruno foi denunciado com base no artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), por ato desleal ou hostil. Ele pode ser suspenso por até três jogos, já contando a suspensão automática que cumpriu no empate em 1 a 1 com o Palmeiras no Beira-Rio.

A denúncia contra Guerrero se baseia nos artigos 243-F, dupla ofensa à arbitragem, e 258-A, por provocar a torcida durante a partida. A pena pela primeira infração é de multa de até R$ 100 mil, e pela segunda, suspensão de até seis partidas.

Odair será julgado por desrespeitar a arbitragem na entrevista concedida após o jogo, conforme o artigo 258. O treinador corre o risco de ser suspenso da casamata por entre uma e seis partidas.

Roberto Melo responderá por infrações aos artigos 258 (desrespeito à arbitragem) e 243-F (ofensa). A primeira prevê suspensão por entre 15 e 180 dias, e a segunda, 15 a 90 dias além de multa de R$ 100 a R$ 100 mil.

As declarações

Em nota, o STJD reproduziu as declarações que renderam as denúncias contra Odair e Melo. Leia abaixo:

Odair Hellmann:

“Passei mais de um ano sem comentar sobre arbitragem. Quem deveria estar dando explicação aqui era o Luiz Flávio e o (Leonardo) Gaciba (chefe de arbitragem da CBF). O VAR passeou hoje no Maracanã. Aí, muda a história do jogo.”

Roberto Melo:

“Enquanto o seu Gaciba estiver na CBF, não pretendo ir (pedir áudios do VAR). Ele fala uma coisa, se exibe, faz apresentação, caga regra e é feita uma coisa totalmente diferente. Por que em três gols nossos contra a Chapecoense todos tiveram a intervenção? Hoje, (o VAR) sequer foi chamado. Qual a orientação que eles tinham? E os lances todos duvidosos foram a favor do Flamengo, ou contra o Inter. Causa indignação. Porque jogar nove contra 12 é duro.”

“É uma vergonha. O Flamengo não precisa disso, vem fazendo grandes jogos, liderando o campeonato. Não digo que ele esteja mal intencionado no sentido de nos prejudicar deliberadamente. O que ele fez é vergonhoso. Porque seu Gaciba faz umas papagaiadas, vai aos clubes, faz apresentação, se exibe, se filma como se fosse ator apresentando. Ele diz uma coisa e acontece outra.”

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*