Renato exalta domínio do Grêmio sobre o Ceará, mas vê “altos e baixos”

Geromel abriu o placar com gol de cabeça na vitória do Grêmio sobre o Ceará | FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

O técnico do Grêmio, Renato Portaluppi, celebrou a vitória por 2 a 1 sobre o Ceará, na noite desta quarta-feira no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, pela 24ª rodada do Brasileirão. Para ele, o Tricolor dominou o adversário mesmo no segundo tempo, quando não jogou bem como na etapa inicial.

O Tricolor abriu 2 a 0 de vantagem no primeiro tempo, com gols de Geromel, de cabeça, aos 34min, e Maicon, aos 41min, cobrando pênalti cometido por Valdo e Diego Tardelli. Aos 43min, Fabinho descontou para os visitantes.

Após a partida, o treinador afirmou que sua equipe teve “altos e baixos” na partida, e comparou a postura dos visitantes com a do Corinthians, no empate do último sábado na Arena.

“O Grêmio teve altos e baixos. Fez um primeiro tempo muito bom. O adversário teve uma maneira de jogar parecida com o Corinthians, se fechou bastante, dando os lados do campo. Soubemos aproveitar, conseguimos os dois gols. Depois, numa bobeira nossa, acabamos colocamos o Ceará novamente no jogo”, comentou o treinador.

“No segundo tempo, não foi diferente. O Grêmio não jogou tão bem como no primeiro, mas dominou a partida”, acrescentou.

O treinador usou suas três substituições, colocando em campo Galhardo, Thaciano e André, nas vagas de Léo Moura, Luan e Diego Tardelli. Preocupado com a condição física de alguns jogadores, celebrou o fato de ninguém ter sofrido lesão. “Saíram com a perna pesada, mas isso é outra história.”

Com a vitória, o Grêmio subiu da oitava para a sétima posição, com 38 pontos no Brasileirão, o mesmo número de Bahia e Inter. Pelos critérios, está acima dos baianos pelo saldo de gols e abaixo do arquirrival por ter uma vitória a menos.

O próximo compromisso do time de Renato será diante do Atlético-MG, às 19h deste domingo no Estádio Independência, em Belo Horizonte.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*